Início São João del-Rei Lendas Agenda Cultural Parceiros Vídeos Contato
 
Página inicial Lendas São Joanenses!
 
  Homenagem
do Mês
 
  Quem Somos
 
  Conheça São
João del-Rei
 
  Conheça
Nossas Lendas
 
  Agenda
Cultural
 
  Parceiros
 
  Vídeos
 
Solares e Casarões
 

SOLAR DOS NEVES

N° do Processo de Tombamento Individual pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural: 025/2000.

Uso atual: residencial

No Largo do Rosário, está o imponente solar do século XIX, que constitui excelente exemplar de arquitetura residencial, de agradáveis proporções e cuidadoso tratamento dos elementos. O Solar pertence à família Neves e nele viveu o ex-presidente Tancredo Neves, natural de São João del-Rei. O corpo do ex-presidente está sepultado no Cemitério de São Francisco, em São João del-Rei.

SOLAR DOS LUSTOSA

N° do Processo de Tombamento Individual pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural: 023/2007.

Decreto Municipal n° 2638

Uso atual: misto (serviço e residencial)

Bela construção assobradada do século XIX, essa casa tem seu pavimento superior marcado por uma sacada corrida e é utilizado como residência particular.

Pertence à família do dentista Paulo de Almeida Lustosa, criador da Cera Dr. Lustosa para dor de dentes. Conhecido no país e no exterior desde 1922, o medicamento é preparado, ainda hoje, artesanalmente, no térreo do sobrado. O consultório, a biblioteca e o laboratório do Dr. Lustosa foram transformados em um pequeno museu. Equipamentos, mobiliário e embalagens antigas ilustram a produção da famosa cera à época do dentista.

SOLAR DA BARONESA

Tombamento do conjunto arquitetônico e urbanístico pelo IPHAN em 04 de março de 1938.

O grande sobrado de esquina, situado em frente ao Largo do Carmo, foi construído no século XIX. É possível que, após a morte do Barão tenha ali residido a Baronesa Ana Eugênia, fato que fez o sobrado se tornar conhecido como Solar da Baronesa.

Faz parte da história do Solar o fato de ter servido de quartel de um contingente militar e de hospedaria para imigrantes italianos quando aqui chegaram em 1888. Sabe-se também que o mesmo casarão abrigou o Colégio Conceição, fundado em 1881.

Atualmente o solar está sob os cuidados da UFSJ (Universidade Federal de São João del-Rei )e sedia o Centro Cultural da mesma.

Este local é cenário de mais uma das lendas interpretadas no Passeio Turístico Noturno LENDAS SÃO-JOANENSES, onde serviu de moradia para um malvado, impiedoso e sanguinário mercador de escravos, temido e principalmente odiado pelos moradores locais, conhecido pelo nome de CORONEL CARLOTA.